30 de agosto de 2010

Falhanço Televisivo!

Depressa comecei a gostar do programa "Projecto Moda" na rtp. Um programa que já fazia falta aqui no nosso pacato país! Mas a revolução tornou-se em lixo televisivo! Depois do grande (?) programa de ontem viu-se que aquele concurso tem de tudo menos coerência e credibilidade! Ora vejamos: Entre o designer pouco inspirado e um designer que não sabe o que é moda e nem sabe como produzir um bom coordenado quem foi expulso? Adivinhem! O que não estava inspirado. Depois, os jurados são dos mais ridículos que poderia haver! Disseram a uma concorrente que estavam contentes que ela tivesse arriscado no seu coordenado! Mas, 5 minutos mais tarde, criticaram-na pois ela tinha sido arrojada demais e que já não sabiam como era o seu verdadeiro estilo (MAS QUE M*RDA É ESTA AFINAL?!).
Para acabar juntem uma péssima apresentadora que fala como se tivesse um pau enfiado no rabo!

(Desculpem por este reles desabafo, mas injustiças é do pior que eu posso ver!).

29 de agosto de 2010

Lata Morna | Sorrisos Enferrujados

Leitores, tenho novidades! A publicação semanal de Lata Morna mudou de nome! Devido a uma nova parceria entre blogs! A Lata Enferrujada juntou-se agora a Sorrisos Perfeitos para continuar o projecto Lata Morna. Como não faria sentido ser Lata Morna (Lata de Lata Enferrujada e Morna de Warm Rain, antiga colaboradora) o nome agora é:




Sorrisos Enferrujados.
Vamos manter o estilo de pequena crónica semanal em que se reflecte sobre determinado assusnto que achemos importante.
Estejam, então, atentos ao blog Sorrisos Perfeitos, pois o primeiro Sorrisos Enferrujados vai ser publicado lá, hoje!

28 de agosto de 2010

Cenas que Marcam!


500 Days Of Summer :
Peço desculpa pela má qualidade do vídeo.

Esta cena é, simplesmente, brilhante! xD

O filme é muito bom! Vejam.

Aviso: As cenas postadas podem não ser percebidas por quem não viu o filme da respectiva cena.

26 de agosto de 2010

Tempestade Sem Fim


A chuva batia, violentamente, na intimidada janela. O vento fustigava o pobre telhado que rangia em uníssono. A trovoada eclodia, sonoramente, por toda a pequena casa. A natureza estava em guerra com aquela insignificante casa. Ele também se encontrava na guerra, uma guerra psicológica. Ele, de súbito, acorda ofegante. O suor escorria-lhe pela face desfigurada pelo medo. As lágrimas brotavam dos seus olhos cansados e as mãos, trémulas e débeis, procuravam, incessantemente, o interruptor do pequeno candeeiro da mesa-de-cabeceira.
Respirou fundo e murmurou para si:
-Está tudo bem! Ela está aqui… Tu não estás lá.
Assustou-se, momentaneamente, com um berrante trovão. Suspirou e voltou, lentamente, a deitar-se. Apagou a luz e fechou, novamente, os olhos.
O medo trespassou-lhe a alma. A respiração revoltou-se e o coração bombeou o sangue descompassadamente. Os tiros e as bombas berraram uma vez mais nos seus ouvidos, as lamúrias praguejavam novamente, os gritos enfureceram-se de novo e os olhos voltaram a chorar. Ele grita, já desesperado. Ela, assustada, acorda. Liga o candeeiro e olha para ele, já desfigurado. Ela puxa-o contra o seu volumoso peito. Encosta os seus carnudos lábios à sua orelha e sussurra-lhe:
-Estou aqui… Eu estou aqui.

24 de agosto de 2010

FUCK!


NÃO!

Os bons anúncios de verão já foram substituidos pelos crueis anúncios de regresso às aulas!
Não quero voltar! Eu odeio a minha turma! (Vá, não odeio todos, mas a maior parte...)
Só mais 5 minutos!

23 de agosto de 2010

Os Melhores do Verão!

Todos os anos, pela época do verão, os cinemas são invadidos por uma enorme enchente de estreias cinematográficas! Aqui, vocês, podem votar nos filmes que, na vossa opinião, foram os melhores filmes do verão!
No fim da sondagem farei um comentário aos três filmes mais votados!
TOCA A VOTAR!
Na sondagem xD
Na sondagem os filmes que tivereme este sinal( * ) são os filmes que vão estrear dia 26 de agosto.

22 de agosto de 2010

Cenas que Marcam!

Desculpem por ser no domingo, mas ontem não tive tempo para cá vir.

Moulin Rouge

Não liguem ao audio Italiano ou que raio é! xD

Esta é, talvez, das mais bonitas cenas que alguma vez um musical foi capaz de fazer! Este é um dos meus filmes favoritos que encerra maravilhosamente em níveis cinematográficos e terrivelmente a nível emocional! A cena que se segue ao espectáculo é das mais tristes que eu já assisti no cinema. Esta cena só podia marcar! Pois todo o filme marca. Vejam quem, ainda, não viu!

Aviso: As cenas postadas podem não ser percebidas por quem não viu o filme da respectiva cena.

19 de agosto de 2010

Cabaret


Ele senta-se num dos vermelhos cadeirões que proliferam a dourada sala de cortinados vermelhos. A devastadora música começa, ele suspira, ela estremece. Nervosa, avança para o nojento palco onde a aguardavam. O coração dele explode em desgosto quando vê que, com um só pé, ela pisa o palco e que a multidão de famintos homens, imediatamente, aplaude em euforia. Ela recua, arrependida. Deixa escapar uma lágrima, respira fundo e avança, desnudada, de cabeça erguida.
Ele pragueja enquanto o público enlouquece. Ela, de lágrimas nos olhos, dança. Dança pela sobrevivência, dança pela vida! Ele observa-a de longe, petrificado. A raiva eclodia dentro dele, os punhos contraiam-se, e os ciúmes cegavam-lhe! Nunca se deveria ter apaixonado por uma dançarina de cabaret… Mas ele sabia, ele sabia que ela era dele, que ela o amava, que tudo aquilo era apenas o seu cruel trabalho.
Ela continua a dançar, a dançar para aquela grosseira, sedenta plateia. Ele, furioso, grita. Tudo pára, chocado. Ele retrai-se por um pouco, mas ao vê-la a chorar, indefesa, naquele palco… Volta a gritar:
-Não! Não o faças mais! – Suspira e murmura agora para si: -Estás a matar-me…
Ela abandona o palco, desfeita em lágrimas. O pano vermelho caí e tapa por completo o cruel palco agora sozinho.

17 de agosto de 2010

7ª Arte

Acho que é a primeira vez que faço isto triplamente! Cá vai mais um 7ª Arte \m/


Marie Antoinette:

Um filme algo esquisito. Digo isto porquê? Pois esta longa-metragem prima em momentos deveras absurdos! Por exemplo: Um par de All Stars (Da Converse) no meio dos sapatos da rainha Marie Antoinette. Ou seja, ou estava tudo louco ou a produção do filme descobriu que a Converse já fabricava ténis na época da revolução francesa! É de referir a péssima escolha da banda sonora, um filme de época merece músicas à sua altura e não um efémero pop rock do século XXI! Como é que é possível fazerem uma cena em que um baile de mascaras parisiense é acompanhado com uma música de rock? Visto que naquela altura rock nem existia! Tirando estes pontos parvos o filme é bom. Explora bem o espírito de requinte francês característico de Versalhes. Temos uma fantástica Marie Antoinette (Kirsten Dunst) e um igualmente bom Louis XVI (Jason Schwartzman). Não consigo dar uma maior pontuação pois a este filme falta uma boa banda sonora (que foi, cruelmente, negligenciada) e tem várias cenas incrédulas demais…
Sinopse: Prometida ao Rei Luis XVI ( Jason Schwartzman ) aos 14 anos de idade, a ingênua Maria Antonieta ( Kirsten Dunst ), é lançada na opulenta corte francesa que é cheia de intrigas e escândalos. Sozinha, sem orientação e perdida em um mundo perigoso, a jovem Maria Antonieta se rebela contra a atmosfera isolada de Versalhes, e no processo, ela se torna a monarca mais incompreendida da França.




Nine:
Tenho que admitir que fiquei um pouco desiludido em relação a este filme. Esperava muito quando vi que era do mesmo realizador do fantástico Chicago (Rob Marshall), fiquei ainda mais maravilhado quando vi o elenco de luxo que o protagonizava (Daniel Day-Lewis, Nicole Kidman, Penélope Cruz, Marion Cotillard, Fergie, Kate Hudson…), tinha tudo para ser dos musicais mais brilhantes alguma vez feitos! Mas todos estes aspectos acabam por ofuscados com o enfadonho desenrolar da história que teima em não chamar a atenção do espectador. Marshall não é eficaz na maneira que pega no argumento tornando o filme um quanto aborrecido em diversas partes. Mas pelo contrário, Marshall dirige óptimos números musicais (dos quais se destaca o fantástico “Be Italian” de Fergie, que para mim foi o momento alto do filme) que salvam o filme do enredo pouco chamativo. É de destacar o fantástico desempenho de Daniel Day-Lewis em um Guido fantástico e bastante credível! Também é de referir o engraçado (mas óptimo) desempenho de Penélope Cruz na pele de Carla, a amante.
Sinopse: O director Guido Contini (Daniel Day-Lewis) ao atingir os quarentas sofre uma crise que lhe encobre a criatividade e que o leva a vários acontecimentos complexos e envolvimentos amorosos. Guido esforça-se por concluir o seu filme mais recente enquanto tenta equilibrar a sua vida nomeadamente a tentativa de controlo sobre as mulheres envolventes na sua vida, incluindo a sua esposa Luisa (Marion Cotillard) , a sua amante Carla(Penélope Cruz), a bela estrela de cinema Claudia( Nicole Kidman), a sua confidente Liliane(Judi Dench), a jornalista de moda americana(Kate Hudson), a prostituta envolvente na sua juventude (Stacy Fergunson) e a sua mãe (Sophia Loren).





A Bela e o Paparazzo:
Que agradável surpresa! Aqui está um filme português digno de ser falado! Mesmo que seja uma comédia assente em alguns clichés é uma boa comédia. Faz-nos rir e não chorar como os últimos filmes portugueses que têm sido polémicos por serem tão maus! Este filme é altamente inovador no cinema português! Porque será? Porque, ao contrário de todos os anteriores filmes, este filme não usa e abusa do sexo para vender nem das asneiras parvas sem nexo nenhum! Lembro-me de ver filmes portugueses que continham 4 ou 5 asneiras em cada frase, o que considero deprimente!
Este Bela e o Paparazzo não é uma obra-prima, mas acredito que seja um começo para o novo cinema português de boa qualidade, sem ter que recorrer a “truques baixos” para chamar audiência.
Adorei o papel do grande Nuno Markl e do Marco D’Almeida!
Que se faça mais filmes destes cá em Portugal!
Sinopse: Mariana, uma jovem vedeta da nossa televisão, está muito perto de um colapso nervoso. As filmagens não estão a correr bem, a sua popularidade na novela está a descer mas todos os passos da sua vida privada continuam a ser matéria de capa das revistas "cor-de-rosa". E há uma culpada por esta total ausência de privacidade: Gabriela Santos, a mais temível paparazzo de Lisboa, a pessoa que sabe sempre onde ela está e que consegue as fotos mais comprometedoras.
Gabriela Santos é o nome artístico de João, o paparazzo que é contratado para perseguir Mariana dia e noite, captando a sua vida diária e fazendo dela uma presença habitual nas capas das revistas sociais sem que a sua presença alguma vez seja detectada.
Até ao dia em que se conhecem de forma fortuita.

16 de agosto de 2010

Desafio!



Trata-se de atribuir 5 músicas a 5 blogs. É importante que os eleitos dêem continuidade ao desafio, porque ai está o objectivo deste.E as minhas escolhas são:
-Warm Rain -Set The Fire To The Third Bar (Snow Patrol)
- Um Par de Peúgas - The Carpal Tunnel Of Love (Fall Out Boy)
- Secreta Intuição - Polly (Nirvana)
-De Mãos Dadas com o Mundo - Make You Smile (+44)
- Salsa ou Coentros ?! - Whataya Want From Me (Adam lambert)

14 de agosto de 2010

Cenas que Marcam!


Pride & Prejudice.

Esta cena é (talvez) a cena mais importante deste filme. Eu adorei ver esta cena (principalmente porque ainda está melhor que no livro, no livro ele faz este discurso todo na casa do Sr. Collins e não assim), é aqui que toda a história muda! Esta é das cenas mais memoráveis deste filme! Acho, mesmo, que é uma grande cena!

13 de agosto de 2010

Artes de Palco

Ambos pisam o escuro palco, suspiram e posicionam-se. Ouvem a multidão a rir, a sussurrar, a gritar, a respirar. As luzes, finalmente, apagam-se, a multidão gela e cala-se de imediato. O silêncio propaga-se.
Eles só ouviam o descontrolado coração que bombeava o sangue apressadamente devido à maldita ansiedade.
As cortinas abrem-se, mas toda a sala contínua escura. A música começa. Dois fracos focos de luz apontam para os nervosos dançarinos que começam a dar tímidos passos ao sabor da lenta música.
Dançam, delicadamente, passos clássicos com a graciosidade que só os bailarinos conseguem, dançam e maravilham todo aquele publica já hipnotizado pelos sincronizados passos.
A música revolta-se, o palco explode em cores e os bailarinos executam novos passos. Passos mais arrojados, mais rápidos, ma perigosos. Pois se algo falhasse, era a morte dos artistas. Acompanharam a efusiva música como ninguém, e, quando ela acabou eles petrificaram, à espera dos desejados aplausos.
O publico não se mexeu…
O terrível silencio gritava nos ouvidos dos cansados bailarinos.
O público, de boca aberta, levanta-se e aplaude em euforia.


10 de agosto de 2010

Passadeira Cinzenta

O maldito semáforo não passava do vermelho, e os peões continuavam a esperar na outra margem para poderem atravessar o raio da passadeira branca. Estava um dia cinzento, de inverno. Ele olhava para o relógio para ver se ainda tinha tempo de chegar a horas ao destino.
Olhou, momentaneamente, para trás e espantou-se com a enchente de pessoas que também esperavam pelo verde sinal, que teimava em estar vermelho, para passar a passadeira. Olhou, uma vez mais, para trás e ficou-se a analisar todos aqueles desconhecidos. Reparou que todos eles eram diferentes, todos com a sua vida, com a sua história, com a sua personalidade. Tanta vida num só sitio! Havia o homem sério de bigode cuidado que se atropelava a falar ao grande telemóvel. De pasta preta na mão, que a segurava rigidamente, contorcendo-se com o stress. A contrastar com esta figura estava, ao seu lado, um jovem rapaz que cantarolava a música que ouvia pelos seus grandes head phones. De camisola branca com desenhos a preto e com umas calças pretas justas que só tapavam meio do seu rabo, deixando à vista os coloridos boxers que tanto chocavam as cuscas senhoras que, impiedosas, diziam mal do rapaz. Ambas de cabelos grisalhos pelos ombros, com rugas de velhice, de roupa antiquada e com um pequeno chapéu na mão, cada uma, caso fosse o diabo tece-las. Elas tagarelavam tão alto que já incomodavam a alta mulher que revirava os olhos com a idiota conversa. Era bonita! Alta, de longos cabelos castahos, de olhos verdes escurecidos pelo cinzento dia, de gabardine francesa que lhe dava pelos joelhos e de longos sapatos pretos. Por sua vez, esta mulher atraia a atenção de um tímido rapaz de cabelos castanho ondulado que a analisava cuidadosamente, mais que aos outros. Era ele.
O semáforo fica, finalmente, verde. Toda a multidão suspira e apressa-se a atravessa-la, pois atrasados já eles estão todos.


7 de agosto de 2010

Lata Morna 6!

Decidi recuperar as “crónicas” semanais que este blog teve (juntamente com o blog Warm Rain de Josephine), mas vou ser eu o único a faze-las. Ou seja: As “crónicas” Lata Morna serão a partir de agora um exclusivo do Lata Enferrujada (continuará com o mesmo nome) x)




Tema: Portugal, um dos países que mais inventa no mundo!



(Gare do Oriente)



Ao ver as notícias no Google (o meu jornal diário) deparei-me com esta boa (finalmente algo de bom!) notícia sobre os meus compatriotas lusitanos. Segundo uma notícia do IP Jornal Portugal é o país de Europa que mais inventa no ramo científico e empresarial, António Serra, presidente do IST (Instituto Superior Técnico) disse: é quase demasiado bom para ser verdade, mas o certo é que, no que diz respeito à inovação e ao desenvolvimento tecnológico, Portugal está a crescer a um ritmo superior à média europeia» e acrescentou que « Ao nível da ciência já temos um desempenho comparável ao dos países mais desenvolvidos da Europa e até do mundo». A que se deve tal inovação portuguesa? Nós, país acatado e pacato por natureza. Será que quem contribui para este avanço português foi a situação alarmante dos dias de hoje (tanto económica como socialmente) que levou os portugueses a lutar por novas saídas, levou com que apostássemos em projectos inovadores para ver se conseguíamos dar um empurrão a nós mesmos para ver a saída que, lentamente, se aproxima.
O que me dizem agora caros leitores? Continuamos a ser um país pacato e passivo? Pois eu acho que não! Nunca o fomos, mesmo parecendo que sim. Nós, portugueses, sempre tivemos coragem a correr-nos no sangue! Somos puros e bravos lusitanos que nunca (nunca mesmo) viraram costas a uma boa aventura, pois somos dos povos que mais coragem tem de descobrir novos mundos e, por sua vez, de inovar. Aqui, no meu ponto de vista, encontra-se a verdadeira explicação para esta notícia fantástica! Somos lutadores e optimistas no meio do pessimismo característico dos portugueses, é isso que nos caracteriza!

6 de agosto de 2010

Cenas que marcam!

Como não postei no passado fim-de-semana derivado das minha férias, hoje posto um Cenas que marcam! The Curious Case Of Benjamin Button


Aviso: As cenas postadas podem não ser percebidas por quem não viu o filme da respectiva cena.

Quando vi este filme esta cena marcou-me especialmente. Pois leva-nos a questionar toda a nossa vida. Ou seja, se a nossa vida não passa de uma série contínua de pequenas coincidências. Esta cena fez-me pensar e muito! Espero que gostem x)

5 de agosto de 2010

Come Back!

"Come back".
"Come back to me".



Fecha os olhos, respira fundo.
Esquece tudo e por um segundo,
recorda-te da minha exasperante espera
que me aterroriza nem uma quimera!


Por favor, por favor volta,
antes que o destino expluda em revolta.

Selo Oficial!

Finalmente decidi que o Lata Enferrujada tinha que ter o seu próprio selo! Criei, então, o selo Lata Enferrujada x)





Regras:
1º- Responde às questões:
O que tem mais significado para ti? Palavras ou o olhar?
Esta, tenho que admitir que é difícil, mesmo para mim, que foi quem criou o selo xD
É assim, prefiro um olhar sincero do que as palavras certas (pois mesmo as palavras certas podem ser falsas!). Assim sendo, tenho que dizer que prefiro um olhar. Pois um único olhar vale mais do que mil palavras x).
Em que és viciado(a)?
Bem, eu aqui tenho uma enorme lista! Sou uma pessoa de vícios! Sou viciado em Coca-Cola, em All Stars, no meu computador, em jogos que tenho para aqui. Sou viciado do blog. Viciado em algumas pessoas, viciado na brisa quente, no verão, na chuva. Viciado em livros, em água (muito viciado mesmo!), viciado no fogo, viciado em filmes, viciado numa data de coisas.
Mudavas alguma coisa do teu passado enferrujado?
Mudava muita coisa! Mas se tivesse que mudar uma coisa que me arrependo (até hoje) era ter dado mais atenção a certas pessoas que me escaparam e eu a ver... Quem me conhece sabe de quem é que estou a falar. Sinto que não lutei verdadeiramente para ter a pessoa de novo. Mas olha, o que se pode fazer agora? Nada... Temos é que limpar a ferrugem toda da nossa vida ;D


2º-Se quiseres, passa no blog criador deste selo:

3º-Passa a ferrugem a quem quiseres:



Força ;D

4 de agosto de 2010

Desafio(S)


Como já não faço disto há séculos, e, como o blog tem andado um pouco parado aqui para o meu lado (xD) decidi fazer não um, mas dois desafios! Ambos tirados do grande blog Eu É Que Não Sou Parvo do Daniel.



Desafio Media Player
Usando o Media Player em modo aleatório responde-se a cada pergunta usando o título da música que está a tocar.


1. Como te sentes hoje? -Feeling Good (Muse). Oi? Mesmo na muche xD
2. Vais ser alguém na vida? -Keep Your Hands Off My Girl (Good Charlotte). Provavelmente um defensor das minhas namoradas? Isso é uma profissão?
3. Como os teus amigos te vêem? -Hallelujah (Paramore). Ahaha, estando comigo está tudo com Deus!
4. Vais casar? -Billie Jean (Michael Jackson). Com uma Billie Jean, provavelmente (?!).
5. Qual é a música do teu melhor amigo? -Belzeboss (Tenaucious D). Para ser o meu melhor amigo só podia vir do diabo! (Isto anda muito religioso para estes lados xD).
6. Qual é a história da tua vida?-This is Haloween (Panic! At The Disco). Pois...
7. Como é que foi a escola secundária? -Don't Upset The Rythm (The Noisettes). Go Baby, go baby, go! Festa a toda a hora \m/
8. Como é que podes ir adiante na vida? -Whisper (Evanescence). Se sussurar?
9. Qual é a melhor coisa nos teus amigos? - Come as you are (Nirvana). Eles vêm sempre como são? Concordo, não quero cá aves raras falsas! xD
10. O que é que está in esta semana? - I'll be there for you (Friends Soundtrack). x)
11. Como é a tua vida? -Half Alive (Secondhand Serenade). Oh! Diabo! E agora? O.o
12. Que música vai tocar no teu funeral? -The Funeral os Hearts (H.I.M). Oh! Mesmo a calhar. Podia ser que eu até gosto da música.
13. Como é que o mundo te vê? -Make you smile (+44). A rir?
14. Vais ter uma vida feliz? - Because of you (Kelly Clarkson). Pelos vistos vou, mas vai depender de alguém x)
15. O que é que os teus amigos realmente pensam sobre ti? - Guiding Light (Muse). Sou a luz que os guia! Isso já eu sabia.
16. As pessoas têm inveja de ti? - Leave me alone (Pink). Quero lá saber!
17. Como te podes fazer feliz? - Break Apart Her Heart (Good Charlotte). A partir corações a pessoas? O:
18. Com que música farias um striptease? - The man who sold the World (Nirvana). LOL, qual striptease qual quê! Eu vendia-me logo todo xD
19. Se um homem numa carrinha te oferecesse um doce, o que farias? - Bring me to Life (Evanescence). Han? Isto não faz sentido xD
20. O que é a tua mãe pensa de ti? - Carpal Tunnel of Love (Fall Out Boy). Hum... Isto faz sentido? Next...
21. Qual é o teu segredo mais escuro e profundo? - Runaway (Pink). Foge Ricardo, foge! Nunca digas o teu segredo mais escuro! xD
22. Qual é a música do teu inimigo mortal? - Smell Like a Teen Spirit (Nirvana). Dasse! Agora já vai ter mais pontos na minha consideração, visto que adoro esta música...
23. Como é a tua personalidade? - The Only One (Evanescence). Sim, sinto-me muito único x)
24. Que música vai tocar no dia do teu casamento? - All That We Needed (Plain White T's). Tudo o que necessitávamos é cá comigo ^^ (Wtf?!)
25. Que música vai tocar na tua lua-de-mel? - One Last Time (H.I.M). Isto é bom?
26. O que os desconhecidos acham de ti? -Psycho (System of a Down). Isso já eu sabia...




1. Abre o livro mais próximo de ti na página dezoito e digita a linha sete.
“(…) sentimentos uma serenidade de temperamento e um controlo perfeito (…)”
2. Estica o braço esquerdo o máximo que puderes. O que alcançaste?
O cortinado do meu quarto.
3. Qual a última coisa que viste na TV?
O Jornal Nacional, da TVI.
4. Sem olhar, que horas são?
20h10.
5. Agora olha para o relógio. Que horas são?
20h09, elah!
6.O que estás a ouvir?
Adam Lambert – Whataya Want From me.
7. Quando foi a última vez que saíste de casa? O que foste fazer?
Fui á praia, praia do sul (Ericeira).
8. Antes de começar isto, o que fazias?
Estava a fazer outro desafio (o do Media Player).
9. Como estás vestido? O que estás a calçar?
Calções de praia e t-shirt, estou descalço ;D
10. Com o que sonhaste na última noite?
Se não o fizeste, com o que gostarias de ter sonhado? Sonhei que estava num sítio cheio de calor, depois acordei cheio de calor (isto é a serio xD).
11. Quando foi a última vez que te riste? Qual foi o motivo?
No carro com a Raquel e a Bia, não sei porquê.
12. O que tem nas paredes do teu quarto?
Um quadro de cortiça com “memórias”, um poster, a bandeira do Reino Unido, uma bandeira gigante (em cima da cama) dos E.U.A e um relógio com o fundo da bandeira dos E.U.A (repetitivo? Eu sei... até um bocado para o maníaco xD).
13. Tens visto algo estranho ultimamente?
Sim, 6 chamadas da minha mãe no telemóvel e eu em casa e ela também xD.
14. O que achas deste questionário?
É interessante.
15. Qual foi o último filme que viste?
A Origem.
16. Se te tornasses milionário de uma noite para a outra, o que comprarias?
Uma viagem ao mundo inteiro!
17. Diz alguma curiosidade sobre ti.
Adoro política e diplomacia!
18. Se pudesses mudar uma coisa no mundo, política ou geograficamente, o que seria?
No campo da politica, escolhia bons governantes (tipo Wiston Churchill e Roosevelt) para governar Portugal, geograficamente, acabava com a Espanha e isto era tudo Portugal xD
19. Gostas de dançar?
Sim, mas sou péssimo!
20. Pensamentos sobre George Bush:
O Barack Obama é melhor.
21. Imagina que teu primeiro filho é uma menina. Que nome davas a ela?
Anne ou Diana.
22. Agora imagina que teu primeiro filho é um menino. Que nome davas a ele?
Ou Duarte ou Frederico.
23. Gostavas de viver fora do teu país? Porquê?
Sim, porque é lá que se tem um futuro como deve de ser!
24. O que gostarias que te dissessem antes de morreres?
Até já (depois sorriam) x).
25. Se depois disso te encontrasses com Deus o que lhe dirias?
O:? Afinal existes? Olha mas é para a miséria lá em baixo!
26.Porquê que os gatos caem sempre de pé?
Sei lá eu.
27.Que sensação te causa o dinheiro?
Poder!
28.Em que parte da tua vida sentes uma profunda tristeza?
Não sei.
29. Analisa o mais profundamente possível. Como lidas com uma opinião ou crítica alheia.
Por vezes guardo rancor, mas acabo por esquecer.
30.Diz uma tua total incerteza:
Alabahalabahala.
31. Alguém te faz uma pergunta embaraçosa. Qual é a tua reacção?
Coro, depois rio, depois desvio a conversa xD.

7ª Arte




Inception



Nesta terça-feira tive a honra de ver um dos melhores filmes de 2010 (até agora) ao cinema, Inception (A Origem)
Estava com altas (para não dizer enormes) expectativas em relação a este filme, e, estranho que pareça, as expectativas foram satisfeitas!
Este é, provavelmente, o melhor Thriller do ano! Com grandes representações de Leonardo DiCaprio, Marion Cotillard, Joseph Gordon-Levitt e Ellen Page. Com este elenco de luxo, só se podia esperar por um filme bom, muito bom!
Conseguimos, assim, entrar na mente do grande realizador Christopher Nolan que nos dá uma diferente (mas pensada) perspectiva sobre o sonho e o inconsciente humano. Um filme que prima em acção, não deixando qualquer hipótese ao espectadores de adormecerem, nem a um totó que já não dorme há uma semana!
É de louvar também a excelente (e bem empregue) banda sonora deste grande filme que acompanha sempre a acção que mantém o filme em grande suspense até ao seu fim.
Sinopse: Dom Cobb (Leonardo DiCaprio) é um habilidoso ladrão profissional que tem como principal especialidade a complexa extracção de importantes e valiosas informações através dos sonhos das suas vítimas. A sua valiosa habilidade é constantemente requerida por vários sujeitos que pretendem adquirir informações valiosas e altamente secretas, uma procura que é acompanhada por avultados pagamentos, no entanto, este seu sucesso comercial não é completamente benéfico porque a sua actividade é completamente ilegal, assim sendo, ele rapidamente se torna num fugitivo internacional que acaba por perder tudo o que mais amava na sua vida mas agora tem uma hipótese de redenção, um último trabalho que lhe poderá devolver a sua vida caso consiga o impossível, ou seja, uma inserção de uma informação. Cobb e a sua equipa de especialistas têm que conseguir um roubo invertido, ou seja, em vez de roubarem uma ideia têm que plantar uma. A equipa prossegue com um extenso e complexo plano com o intuito de cumprirem a perigosa missão mas nem todo o seu planeamento poderia preparar estes especialistas para um perigoso inimigo que parece prever cada um dos seus movimentos. Leonardo DiCaprio, Ken Watanabe, Joseph Gordon-Levitt, Michael Caine, Ellen Page, Tom Hardy, Marion Cotillard e Cillian Murphy são os principais elementos do elenco desta produção que irá estrear nos Estados Unidos da América a 16 de Julho de 2010.










3 de agosto de 2010

Distúrbios de Guerra

Ele, pesarosamente, andava. Andava pelo meio de corpos desfigurados, sangue derramado, gritos agonizantes, andava pelo meio de uma cruel guerra. E a cada passo que dava sentia-se mais só, mais longe, mais desesperado. Ele apenas queria voltar atrás, para regressar para os braços dela que tanto o esperavam, lá, na longínqua cidade de Londres.
Mas não podia, não! Tinha que defrontar uma guerra que nem era sua, uma maldita guerra terrível e nojenta. Essa mesma guerra que arrancara o seu sonho de voltar e o mutilara para o tentar matar, mas não conseguiu! Claro que não! Pois ele ainda acreditava que um dia voltaria para os braços dela. Pois se não acreditasse nisso em nada mais poderia acreditar…
Ele não sabendo o que fazia, deixou-se cair, estafado. Fecha os olhos e sussurra o nome dela.
Não mais voltou a abrir os verdes olhos que a desejavam ver. Mas ela, ela ainda contínua à espera, na longínqua cidade de Londres.
Ps: Isto é um tributo ao melhor filme/livro de sempre: Expiação.

2 de agosto de 2010

Back!

Depois de estar no paraíso nacional, voltei!
V.N. de Milfontes é a coisa mais bonita que já vi! (Ok! Não a mais bonita, mas das mais xD)

Fui muito a esta praia, que nem sei o nome xD Só sei que fica perto de Almograve (uma terrinha bem bacaninha).

Resumo: Chegámos lá no dia mais quente do ano (terça) e feitos estúpidos fomos comer que nem bisontes a um café perto da casa, resultado: tivemos a assar na praia até as seis horas da tarde porque era nessa hora que se podia ir à água (digestão -.-). Finalmente fui à água que até estava bem quentinha. Demos um passeio á noite para conhecer a zona e tal e no dia a seguir a rotina repetiu-se. Só na quinta é que a rotina foi quebrada (pelo nevoeiro) por isso ficámos lá pela vila. No meu caso, fiquei a ver o filme "A Rainha" (que já tinha visto, mas como gosto, fui ver outra vez xD). Os restantes foram dar um giro. De noite fomos comer um óptimo gelado a uma gelataria apinhada de gente xD Sexta foi basicamente a mesma coisa, quer dizer, atrevemo-nos a ir à praia e eu fui à água! Que coragem! Estava um tempo de merda e eu dentro de água feito lontra. Sábado, pegámos na trouxa e fomos logo para o Algarve e apanhámos um dia mesmo bom! A praia era mesmo boa (a meia praia). Voltámos, jantámos fora para variar xD E no domingo lá vim eu, rumo a Lisboa! Que regalo!





PS: Eu fui de férias na terça passada e tentei vir ao blog, mas como a net era lenta todos os dias (Kanguru -.-) desisti xD, Sorry.
PS2: Comi a melhor tarte de amêndoa lá! E comi um gelado óptimo chamado New York, e comi uma massa boa, e não cheguei a comer o raio das azeitonas que me prometeram num restaurante (por duas vezes -.-) nem as bolas de Berlim da praia de Lagos (num dos dias que estava mau tempo decidimos ir até a Lagos para ir à praia xD